terça-feira, 26 de maio de 2009

Independentes ???

Ao que parece as próximas eleições autárquicas, no concelho de Estremoz, irão ficar marcadas pelo aparecimento de várias listas de independentes.
Não era hábito no nosso concelho surgirem listas de independentes, mas em 2005 verificou-se o aparecimento de uma lista encabeçada pelo senhor Normando, isto depois de se ter desavindo com o seu partido, o PSD. Quando estava a escrever estas frases recordei-me do facto de também já ter surgido uma lista de independentes na freguesia de Arcos. O resultado destas novas experiências não se pode dizer que tenha sido o melhor, pois no caso do senhor Normando nem aos 500 votos chegou e não conseguiu a sua eleição.
Nas próximas eleições autárquicas iremos ter a candidatura independente de Luis Mourinha, depois de ter entrado em colisão com a CDU, coligação pela qual foi presidente da câmara. Sinceramente, estou curioso em ver o resultado deste novo projecto político. Por aquilo que conheço do nosso concelho, estou em querer que a população estremocense não está muito virada para essa história dos independentes. Se na sede de concelho (Estremoz cidade), a 'coisa' ainda pode funcionar pela positiva, nas freguesias rurais estou em querer que a 'coisa' poderá ser um fiasco, pois estamos a falar de uma população maioritariamente idosa e que está habituada a votar no partido A, B, C ou D.
De uma coisa ninguém tem duvidas, esta candidatura independente veio baralhar as contas, principalmente daqueles que já falavam em maioria absoluta. Estou em querer que com o aparecimento desta candidatura, a vitória pode cair para qualquer uma das candidaturas conhecidas, excepto a do CDS pela fraca votação que esse partido tem em Estremoz.
Mas ao que parece as candidaturas independentes não se ficam por aqui. Fala-se que poderão aparecer INDEPENDENTES (que nada têm haver com o MiETZ) nas freguesias de Arcos, Glória, Santa Vitória e Evoramonte, mais naquelas freguesias onde o MiETZ vai concorrer...
Peço desculpa pela comparação mas este aparecimento faz-me lembrar quando os pescadores se zangam com o clube que representam (ou representavam) e criam um clube; faz-me lembrar a malta do BTT que quando lhes 'salta a corrente' vão logo criar um grupo; faz-me lembrar o pessoal da caça que quando lhes 'cheira a pólvora seca' toca a formar um clube paralelo e com os mesmos objectivos.
Por outro lado, também podemos analisar este fenómeno noutro prisma. Pode ser este um sinal de saturação das pessoas em relação aos partidos políticos, pois como se sabe os partidos têm regras em que os seus associados têm direitos, mas também têm deveres e esta é a parte mais difícil de 'engolir' nos dias de hoje. Já lá vai os tempos em que o 'chefe da tribo' dizia algo e todos abanavam o 'chocalho'...
Estou curioso em ver os resultados de tanta INDEPENDÊNCIA.

26 comentários:

  1. Tenho para mim que os independentes têm menos capacidade de intervir junto do poder central e todos sabemos o quanto as autarquias dependem do poder central.
    Se os independentes atacarem constantemente o poder central apelidando-os de talibans (um exemplo aleatório, lol) então os concelhos que estes independentes governarem serão sinónimo de atraso continuado.
    Seja como for que vença o melhor.

    ResponderExcluir
  2. O que eu penso dos Independentes e que não são carne nem peixe ....!

    ResponderExcluir
  3. Caro Zeii,
    Também acho. São os ressacados dos partidos

    ResponderExcluir
  4. Talvez até só sejam independentes porque ninguém os quis como cabeças de lista em qualquer outro partido...Mas tal como as criançinhas fazemos birra, e vamos como independentes...Eu quero ir, eu quero ir!!!!!!

    ResponderExcluir
  5. Ou então não foram convidados...

    ResponderExcluir
  6. José Julio - Amora26 de maio de 2009 23:44

    Não concordo com o primeiro comentário. Não conheço a realidade do vosso concelho, mas conheço casos em que o aparecimento de uma lista de independentes, levando alguns partidos a desistirem em prol dos independentes. Cada caso é um caso

    ResponderExcluir
  7. São os escorraçados de alguns partidos e como querem concorrer fazem birra e também querem ir... temos pena ....

    ResponderExcluir
  8. olha ke não é bem assim. por vezes é a única forma de se libertarem das amarras dos partidos

    ResponderExcluir
  9. Todos sabemos que o Mourinha saiu da CDU por discordar das orientações basicas da coligação, fortemente comandada pelos sectários do PC. Mas também não é menos verdade que o PS (José Ramalho) não deixou o Fateixa governar em paz, fez uma marcação tão directa, que até parecia, que era ele o Presidente.
    È o grande problema dos Partidos a Nivél local, os seus dirigentes, estão tão desprestigiados que para terem algum Protagonismo tem que se agarrar aos eleitos.

    ResponderExcluir
  10. Há situações em que concordo com a apresentação de listas de independentes. Quando os partidos se revelam incapazes de desenvolver um concelho, eis que uma lista de independentes pode resolver. Essa lista, por norma inclui pessoas válidas de todos os quadrantes políticos...

    ResponderExcluir
  11. A cidadania não começa nem termina nos partidos políticos, independentemente da importância destes. Se os movimentos de independentes forem genuínos de pessoas com provas dadas porque não apoià-los; não vem mal ao mundo por isso; o interesse das terras em primeiro lugar.
    Reconheço que está um pouco na moda, mas não concordo que seja só por uma questão de ressentimento.
    Rui Ribeiro

    ResponderExcluir
  12. SUGESTÃO DO PRÓXIMO TEMA: E AGORA FATEIXA? RESSUSCITA-SE O VINTÉM? AFINAL O HOMEM ESTÁ INOCENTE, ESTRATÉGIA? OU NEM POR ISSO? RESPONDA QUEM SOUBER..

    ResponderExcluir
  13. Para quem defendeu que era importante os partidos por causa da relação com o governo, está a ver o que dá uma junta ser da mesma cor do governo (caso da antena de Evoramonte)

    ResponderExcluir
  14. Novidades no MiETZ, nº 3 é um conhecido funcionário a CME. que bajula o Fateixa.

    ResponderExcluir
  15. (Novo) Analista Politico28 de maio de 2009 23:51

    Já repararam que este mês o PS foi um espectáculo em casos políticos. A escola secundária, o assessor e a antena de Evoramonte, todos foram 'cozinhados' por eles e saíram-se mal na fotografia. Penso que em ano de eleiçoes autarquicas era escusado tanta ingenuidade politica. Será ke pretenderam 'queimar' o Bruno?

    ResponderExcluir
  16. Esqueçamo tema acessor e antena e vejam a lista do PS que vem para ai? FATEIXA / BASALOCO / ZÉ RAMALHO / HUGO CORTES / CHOURIÇO. de fora fica quem?

    ResponderExcluir
  17. EX-SECRETARIA DA CME Apoia MOURINHA 100%

    ResponderExcluir
  18. diz-se nos corredores da CME que a DRA. ANA BASALOCO (como gosta de ser tratada a telefone)se senta no lugar do ex Chefe de Gabinete e que a brincar sempre vai dizendo que bem que lhe fica o lugar que bem

    ResponderExcluir
  19. Fateixa está longe de ter uma lista de consensos e o tempo está a passar e já devia de pelo menos ter feito os convites às pessoas. Nã há gente na rua que ele nãp veja e convite para as listas da Assembleia, freguesia e outras e às vezes taé se esquece d que está a falar com candidatos já comprometidos com outras listas. De Mourinha podem-se estperar grandes surpresas e amaior pode mesmo ser a de um director de serviços da cme. aos poucos os autocolantes do Mietz vão enchendo o edifício da cme e já vi noutro dia na casa de banho da Casa de Estremoz, um deles. Do ToZE Ranmalho é que nada. tudo no profundo silêncio porque será?

    ResponderExcluir
  20. Parece que o Vintém já está onde sempre quis estar, e andava a (batalhar) á muinto tempo, será que também vamos ter um toca a bombar na Direcção Regional de Educação.

    ResponderExcluir
  21. Demissão imediata de: Dr. Joaquim Miguel Pimenta Raimundo, 1º secretário, da Santa Casa da Misericórdia já

    ResponderExcluir
  22. O autocolante estava no sítio certo... só não serve para limpar o ".." pois é muito rijo ... LOL...

    ResponderExcluir
  23. Não percebo tanta confusão, por aparecerem listas de independentes! será que temos que continuar sob a alsada dos partidos, em matéria de eleição dos autarcas? penso que para bem das autarquias, devemos eleger os cidadãos validos é que estejam realmente capacitados para o lugar, e não continuar com as" compadrices e afilhadices," dentro dos partidos politicos, que tão maus exemplos nos tem oferecido!...

    ResponderExcluir
  24. E da falta de água em algumas zonas de Estremoz ninguém fala?
    Tanto investimento, tanto investimento, mas é só conversa da treta. O facto é que agora que o calor começou a apertar as torneiras,lá para os lados do Campo da Feira, não deitam uma gota de água há pelo menos 4 dias. No inverno não houve tempo de resolver a situação, mas não foi por não sabberem que até nessa altura também houve falta de água. O investimento que se fez na FIAPE poderia ter servido para pelo menos atenuar o problema. Mas o problema é que o problema não é de todos, pois se na Av. 9 de Abril e noutras zonas, que nós sabemos, não houvesse água há tanto, tempo se calhar o problema já estaria resolvido. Mas como nessas zonas há água não necessidade de os outros tambem terem. Não se esqueçam em Outubro votem neta gente outra vez.

    ResponderExcluir
  25. A senhora professora drª Ana Basaloco como tanto gosta de se chamar, diz à boca cheia nos corredores da CME, que nos práximo mandato o lugar de vereadora ou chefe de gabinete está garantido.Meu Deus. Após a sua chegada, a educação em estremoz tornou-se o fim do mundo.
    Isto de termos a ideia fixa de que somos mais do que os outros tem muito que se lhe diga.

    ResponderExcluir
  26. OH ANA AS COISAS QUE A MENINA DIZ E COM A BOCA CHEIA .... OLHE QUE COM A BOCA CHEIA NÃO SE FALA..... NÃO É BONITO

    ResponderExcluir