quarta-feira, 3 de junho de 2009

Eleições Europeias

A praticamente três dias das Eleições Europeias confesso que estou um pouco confuso em relação ao meu voto. Esta campanha foi uma desgraça pegada com os candidatos a falarem de tudo menos do seu projecto europeu e das suas propostas. Pode-se dizer que foi uma campanha fraca em termos de informação que esclarecesse as pessoas. Os candidatos revelaram alguma conivência para com o facto de estas eleições ficarem marcadas por uma elevada taxa de abstenção. No dia 7 de Junho estou em querer que uma vez mais isso irá acontecer. Não me admira.
Falando dos candidatos, começo por dizer que não gosto do Vital Moreira porque detesto vira-casacas e oportunistas. Por outro lado, o homem passou o tempo as dar palpites contrários ao do PS e do seu líder. No que se refere ao candidato do PSD, Paulo Rangel, devo dizer que é para mim um nome desconhecido, ou seja, sem passado histórico relevante, mesmo assim ainda foi aquele que perdeu algum tempo a falar do futuro europeu. Pelo CDS vai o Nuno Melo, um jovem com muito valor e futuro na política. Sinceramente, penso que é 'mal empregado' se sair para o parlamento europeu. Resta-me falar dos candidatos da CDU e BE. No que se refere a Ilda Figueiredo devo dizer que aprecio a sua forma de estar na política e a 'garra' que impõe nas suas campanhas. É uma grande senhora da política e transmite confiança a quem a ouve. Por último, o candidato Miguel Portas. Tal como o Bloco de Esquerda, tem um discurso agressivo e que não interessa aos interesses de Portugal no parlamento europeu.
Perante esta minha analise ao comportamento dos candidatos durante esta campanha eleitoral, chego à conclusão que o meu voto pode cair para qualquer um à excepção do candidato socialista. Com o meu voto irei demonstrar o meu desagrado pela forma como aquele partido tem (des) governado o nosso pais, a forma como tem incentivado o aumento do desemprego e a forma como tem promovido o clientelismo. Estamos perante a primeira votação em que podemos demonstrar o nosso desagrado pelas políticas do actual governo que tem proporcionado um aumento do fosso entre os ricos e os pobres.
Já agora, e para terminar, gostaria de demonstrar o meu desagrado pelo facto de a senhora Governadora Civil de Évora estar a esbanjar montes de dinheiro num anúncio em que apela ao voto. Como todos sabemos, o senhor Presidente da República e o senhor Primeiro Ministro fazem-no na TV. Sinceramente, em tempo de crise...já não bastou a distribuição daquelas brochuras que ninguém conseguiu ler na totalidade.
Em face desta notícia:
Barómetro aponta empate técnico com vantagem para PSD
O barómetro Marktest para a TSF e Diário Económico aponta para um empate técnico nas eleições europeias. Pela primeira vez, o PSD leva vantagem, reunindo 32,5 por cento das intenções de voto, contra os 29,4 do PS

Assim sendo, o melhor é votar no PSD para evitar uma vitória do partido do governo.


6 comentários:

  1. Analista Politico4 de junho de 2009 00:08

    Tens toda a razão, esta campanha foi uma desgraça. Não informaram as pessoas e lavaram a roupa toda

    ResponderExcluir
  2. Não votar no partido do governo e votar no partido da Manuela Ferreira Leite???? Livra, escolhe outro!

    ResponderExcluir
  3. Escolhe o Bloco de Esquerda looll

    ResponderExcluir
  4. começa a perceber-se a tua tendencia, provavelmente as ultimas informações sobre a idenetidade do webmaster são reais.

    ResponderExcluir
  5. Cada um vota onde quer loolll

    ResponderExcluir
  6. Essa da identidae do webmaster está boa. O verdadeiro dono do blog farta-se de rir enquanto vê o nomes dos outros loooll

    ResponderExcluir