segunda-feira, 22 de junho de 2009

Escolas de Estremoz são escolas prioritárias ???

" Despacho n.º 8065/2009
Os contextos sociais em que as escolas se inserem podem constituir-se como factores potenciadores de risco de insucesso no âmbito do sistema educativo normal, verificando-se que em territórios social e economicamente degradados o sucesso educativo é muitas vezes mais reduzido do que a nível nacional, sendo a violência, a indisciplina, o abandono, o insucesso escolar e o trabalho infantil alguns exemplos da forma como essa degradação se manifesta."

Estas escolas passam ainda a ter a seu cargo os concursos de colocações dos professores.

Será que os critérios que levaram à criação destes Territórios Educativos de Intervenção Prioritária se aplicam ao Agrupamento de Estremoz? Será que não haveria outras escolas prioritárias?
Sinceramente, penso que o nosso concelho não está assim tão DEGRADADO SOCIAL e ECONOMICAMENTE ou será que está e nós desconhecemos a realidade dos números?
Por outro lado, os casos de VIOLÊNCIA e INDISCIPLINA também não são em número alarmante, ou será que são e são incobertos pelos responsáveis dos estabelecimentos de ensino?

O INSUCESSO ESCOLAR, o ABANDONO e o TRABALHO INFANTIL também não se verificam em grande número no nosso concelho, pelo menos não tenho dado por isso.
Em suma, parece que no caso de Estremoz, estamos perante mais uma daquelas decisões para 'inglês ver'.


Direcção Regional de Educação do Alentejo
Agrupamento de Escolas de Estremoz
Agrupamento de Escolas de Elvas n.º 1
Agrupamento de Escolas José Régio
Agrupamento de Escolas de Beja
Agrupamento de Escolas de Sines

56 comentários:

  1. Também há novidades na Escola Sebastião da Gama! A escola é agora Território Educativo de Intervenção Prioritária (TEIP), quem agora coloca os professores no quadro é a própria escola. E grandes novidades surgiram quando saíram as colocações: integraram agora o quadro um assessor do conselho executivo(CE) e respectiva esposa, uma assessora do CE, uma colaboradora da CME. Ficam de fora alguns professores do concelho com dezenas de anos de serviço e com provas dadas na educação, como é o exemplo de uma professora de Veiros. Não quero dizer que tenha havido trafulhices mas há grandes coincidências não há?

    ResponderExcluir
  2. É verdade este concurso foi uma vergonha. colocaram lá quem quiseram. Pessoas com vinte e tal anos de serviço ficaram no fim da lista de colocados ( Exemplo: assessora do CE e uma colaboradora da CME, estas 2 professoras ficaram muito prejudicadas neste concurso, pois a nível nacional seriam as 1ªs da lista de colocação)e outras, como as professoras de veiros e não só, foram ultrapassadas pelos amiguinhos do conselho executivo, professoras estas que sem dúvida ficariam colocadas neste agrupamento no
    concurso nacional. Segundo alguns entendidos no assunto, não houve coincidências, houve grandes trafulhices, mas também não se pode dizer que foram beneficidas pessoas que sem sombra de dúvida até foram muito prejudicadas.Estou-me a referir somente às duas senhoras professoras referidas no comentário anterior e não ao senhor professor e à sua esposa.
    Um Encarregado de Educação.

    ResponderExcluir
  3. Os nºs da violência escolar e da indisciplina são escondidos pelos responsáveis, lembro-me de uma aluna do 3º ano da escola do Caldeiro que bateu na sua professora e esta teve de ir para o hospital, assim como um aluno do 1º ano que deu pontapés na professora de Inglês, etc...etc... é pena que estas situações fiquem dentro da gaveta do conselho executivo.
    Membro da associação de pais.

    ResponderExcluir
  4. Caro membro da Associação de Pais,
    Perante esses novos dados que transmite, a serem verdade, talvez já justifique esta inclusão. Para a opinião pública apenas existiu um caso ou outro isolado e perante não se justificasse essa inclusão

    ResponderExcluir
  5. Investiguem bem o caso do casal OLIVEIRA.....

    ResponderExcluir
  6. Isso agora se saberá tudo depois de aparecerem as reclamações que entretanto foram feitas; casal Oliveira? anos de serviço da esposa? eperiência? apurem tudo mesmo tudo

    ResponderExcluir
  7. alguns dos belos professores que lá estavam como foi que entraram aqui á 20 anos?? será que se lembram??

    e o simples facto de serem velhos faz deles bons??


    Olhe que não, olhe que não...

    fora com os burros velhos!

    ResponderExcluir
  8. Professor Descontente23 de junho de 2009 16:49

    Se o concurso dos professores já era o que era, agora feito por gente sem caracter então é que vai ser o bonito. Esta é mais uma daquelas medidas da ministra para que o PS possa ir controlando o sistema e colocando lá a sua gente.

    ResponderExcluir
  9. alguns dos belos professores que lá estavam como foi que entraram aqui á 20 anos??

    Sinceramente este comentário é de rir. Então voltamos aos metodos de à 20 anos atras? Tenham dó e assumam os erros.

    ResponderExcluir
  10. Investiguem o caso ARREPIANTE da forma como entrou o Casal Oliveira entre dezenasde candidatos MUITO,MAS MUITO MESMO mais competentes tnho a certeza

    ResponderExcluir
  11. Agora tudo o que acontece de mal é culpa do PS, entao e antes de estar o PS de quem era a culpa? Os professores estavam era abituados a ter tudo de mâo beijada e agora alguem lhe fez frente e nao gostam, fazem birra como os meninos, nunca estao satisfeitos.Antigamente eram todos titulares, agora afinal existem bons e maus professores como em todas as profissoes e assim é que deve ser para bem da sociadade.

    ResponderExcluir
  12. A culpa é do PS e desta ministra de mxxxxx que anda só a prejudicar os professores com ameaças e avanços e recuos

    ResponderExcluir
  13. Antes do PS, era por mérito ou por direito, agora é pelo cartão, (rosa). E talvez em troca tenham que ir nas listas das autarticas.

    ResponderExcluir
  14. Até já os burros falam de Escola!
    Deixem as pessoas em paz....
    cambada de invejosos, ainda por cima a porem em causa a competência das pessoas que tentaram ensinar-lhes a ler...

    ResponderExcluir
  15. Professora Descontente24 de junho de 2009 19:30

    Deves estar ver ao espelho. Gostava que fosses injustiçado no teu emprego se não demonstravas a tua revolta. Impera o clientelismo em tudo quando é instituição pública

    ResponderExcluir
  16. como mãe custa-me ver como se cortam vinculos afectivos entre crianças e professores no agrupamento de estremoz

    ResponderExcluir
  17. Acho bem, acabe-se com o estado monárquico nos docentes, na função pública, nas farmacêuticas, consiga o governo fazer o mesmo aos magistrados e aos médicos e terá o meu voto eternamente.
    Chega de classes previligiadas que só se sabem queixar de barriga cheia enquanto outros trabalham.

    ResponderExcluir
  18. Especialmente para o ANORMAL que escreveu acima: Lembra-te que só tens médicos, farmacêuticos, polícias, juízes, ministros ( mesmo as aberrações), Presidentes da República, empregadas de limpeza e até psiquiatras, que tu bem precisas, porque HÁ PROFESSORES.

    ResponderExcluir
  19. Ao anónimo que não gosta de monarquias. Caro amigo/amiga tu falas assim porque provavelmente tens um bom emprego, fruto de um bom tacho. Se vivesses na incerteza da tua mulher/marido, docente, não saber onde vai trabalhar,inclusivamente se vai trabalhar no ano seguinte, provavelmente não falavas assim. Se calhar a tua maior preocupação nesta altura do ano é saberes onde vais passar as tuas férias. A minha e a da minha mulher, docente, é saber se a partir de Setembro há dinheiro para pagar as despesas. Há profissões especificas, que precisam de um tratamento especifico, não especial, especifico e a forma como este governo tem tratado algumas profissões está a levar o nosso país para uma situação social e económica que só é comparável à de países de 3º mundo. Continua a pensar assim e oxalá nunca te bata à porta a incerteza e o desespero de de não saberes como sobreviver. OTÁRIO/A!!!

    ResponderExcluir
  20. Subscrevo inteiramente o post anterior. Aquilo que relata é uma realidade que alguns teimam em não ver, ou não lhes convém ver e dizer para não perder o tachinho. Enfim, é este o pais que temos, por isso somos o 2º pior pais da europa...

    ResponderExcluir
  21. Trabalhador Agricola25 de junho de 2009 15:49

    Não vale a pena perder tempo com essa gente que quando se apanha no poder ou com o tachinho se esquece das dificuldades do outros, mas deixa que um dia (está para breve) acabam-te com a mama e depois quero ver o que vais fazer. Nunca souberam o que era trabalhar. 1º foi andar sem de espinha ao alto e a receber no dia 22/23 e depois entrou logo para o quadro tendo sido aberto o lugar para sua excelência. Vão trabalhar malandros

    ResponderExcluir
  22. Se se sentem injustiçados devido ao concurso de professores desta escola, queixem-se ao Min. de Educação. Deixem é de lavar «roupa suja» aqui neste blog e descarregar frustações.

    ResponderExcluir
  23. Para quê ganhamos as mesmas, a DREAlentejo está também controlada.
    Falou a chefona

    ResponderExcluir
  24. Até já a «filhinha» da chefona tem lugar cativo na Escola!

    ResponderExcluir
  25. prof. descontente25 de junho de 2009 18:38

    Assim como a srº educadora Júlia que fazia parte do conselho executivo, agora já lá não tem cabimento, mas já arranjou outro tacho, a intervenção precoce. Tachos e mais tachos, quando não há lugares inventam-se.

    ResponderExcluir
  26. educadora indignada25 de junho de 2009 18:42

    também a educadora julia tem lugar cativo, tem de sair do executivo, mas já tem um tacho, intervenção precoce ou seja fige-se que trabalhamos.

    ResponderExcluir
  27. educadora descontente25 de junho de 2009 18:45

    Tal como a educadora Júlia. teve de sair do executivo mas já tem lugar cativo, na intervenção precoce, faz se tudo, quando não há lugares inventam-se e deixa-se de fora pessoal especializado no assunto.

    ResponderExcluir
  28. Essa ed. Júlia (formiga venenosa) que se junte á profª AnABELA que foi criticadissima no Sarau que mostrou ser das coissas mais desorgnizadas alguma vez vista em estremoz, e o que fazia o Fateixa nesse dia? e falou pq?

    ResponderExcluir
  29. Porra!!! que isto aqui está preto, os tachos começam a estar esturrados. Coitadas das nossas crianças! Alegrem-se já somos os 2ºs piores da europa, brevemente seremos os 1ºs Afinal quem é que votou nestes delinquentes que governam o país um pouco por todo o lado?

    ResponderExcluir
  30. Algo vai mal em Estremoz, qualquer dia é classificado concelho prioritàrio.........

    ResponderExcluir
  31. Li todos os comentários e estou plenamente de acordo com o que foi dito em relação ao concurso das escolas prioritárias.Foi uma vergonha,eu sei de de uma professora que tem estado sempre em tachos, nunca trabalhou com turma e agora com as graxas e amiguinha da chefona arranjou outro tacho,atrás de muita gente com melhor aptidão que ela, já não necessita procupar-se com concursos.

    ResponderExcluir
  32. Viva o PS e todos os bandalhos que flutuam à sua volta. "Ganda Socrates"

    ResponderExcluir
  33. O nosso país está assim, basta teres muitos papéis a que chamam de certificados a dizerem que já fizeste muita coisa, mesmo que não seja verdade, pois se fores bom profissional isso já não interessa para nada. A tudo isto se juntares mais uma cunha então estás lá, conseguiste entrar para o Agrupamento de Estremoz.

    ResponderExcluir
  34. Bem...mas as nossas crianças ainda têm professores que valem alguma coisa.Há l
    á alguns que ainda escapam.

    ResponderExcluir
  35. Meus caros amigos(injustiçados)se pensam que o que se passou na escola de Estremoz é caso único, então estão enganados.Pura ilusão,o mesmo se passa por este país há beira mar plantado.
    Estamos a regredir a um passado não muito longínquo em que era poibido falar ou manifestar opiniões. Hoje em dia se o fizeres estás tramado.

    ResponderExcluir
  36. é bem feito cambada de chulos,voces votaram no socrates agora aguentencem,agora os tachos não chegam para todos

    ResponderExcluir
  37. "Aguentem-se" está mal escrito no comentário das 12:48, está a precisar de ir à escola, ter aulas de Português.

    ResponderExcluir
  38. vou tirar uma formação numa dessas empresas com fundos europeus cujos os proprietarios pertencem ao PS.

    ResponderExcluir
  39. Nem todas as escolas são prioritárias.Na escola pré-primária de S. Lourenço a professora está doente há muito tempo e ainda não foi substituída. Ou será que a Câmara já fechou a escola e nós não demos por isso?

    ResponderExcluir
  40. Mãe despreocupada30 de junho de 2009 00:14

    Não te preocupes que brevemente vai para lá a Adosinda...mas é fazer campanha pelos xuxas

    ResponderExcluir
  41. Formação na INOVAL? Vai lá vai os gajos não pagam (ler notícia dos Brados).Nunca ouviste dizer: Eles comem tudo e não deixam nada.

    ResponderExcluir
  42. A verdadeira vergonha é termos no jardim de infância de S. lourenço, Evoramonte e de Santa Vitória 3 ou 4 alunos, 1 auxiliar e uma animadora, ou seja um adulto para cada criança, enquanto que nas escolas primárias de Estremoz, as professoras têm 24 alunos e nem uma animadora têm. na minha perspectiva não é falta de dinheiro é sim o PS a querer pôr os seus " ROSAS" nos sitios onde há pouco trabalho.Estas professoras trabalham até à exaustão e não conseguem dar conta de tantos problemas que têm dentro das salas, cheias de alunos.o que me revolta é saber que pago impostos para as animadoras estarem sem fazer nada em determinados sítios e tanta falta que fazem noutros. se isto é um agrupamento as pessoas deveriam estar onde fazem falta. Sr. presidente da Câmara e senhora Presidente do Conselho executivo, por favor reflitam sobre a forma como estão a gastar o nosso dinheiro, e não tratem as crianças do concelho como filhos e enteados. No pré escolar há animadoras e no 1º ciclo não porquê? Não percebo no 1º ciclo é que se fazem exames, o pré escolar é só para entreter as crianças, os grandes alicerces têm que ser feitos no 1º ciclo. Tenho esperança que os dirigentes das nossas escolas pensem muito bem neste assunto.Se isto continuar assim jamais votarei Ps.

    Uma encarregada de educação de Estremoz.

    ResponderExcluir
  43. encarregado de educação2 de julho de 2009 11:03

    Nas escolas de algumas freguesias algumas crianças estão na escola desde as 8h30m até às 18h e só existe uma auxiliar que trabalha as 7 h do seu horário. As restantes horas os alunos estão sozinhos com a professora. E se algum aluno se magoa? Ou de repente fica doente? Como é que a professora de desenrasca? Como encarregada de educação este é um assunto que também me preocupa. Também sei que por exemplo na escola dos Arcos as auxiliares/animadoras eram 4. Muita gente para tão poucos alunos.

    ResponderExcluir
  44. o orgão de gestão da escola é feito de gente escumalha, só para lixar uns e beneficiar outros. Havia de haver alguem capaz de meter aquela gente na rua.

    ResponderExcluir
  45. uma aluna desta escola4 de julho de 2009 15:42

    senhores professores deixem-se de se queixar e de brigar uns com os outros e preocupem-se conosco(alunos). Deiam aulas decentes para evitar-mos as explicações privadas (SAO MUITO CARAS).

    ResponderExcluir
  46. Olha os erros, menina.. tem que prestar mais atenção nas aulas de Língua Potuguesa....rsrsrsrsr, para evitar as explicações.

    ResponderExcluir
  47. Pois essa aluna que falou em explicações devia era estar com mais atenção nas aulas. Muitos desses alunos/alunas que andam em explicações só andam a gastar dinheiro aos pais e nas aulas estão sempre a brincar e não prestam atenção às aulas. Muitos pais se soubessem!!!!!

    ResponderExcluir
  48. uma aluna desta escola5 de julho de 2009 23:32

    Pois é, mas também não é correcto escrever nos sumários matéria que não é dada! rsrsrs

    ResponderExcluir
  49. Finalmente saiu o que milhares de profissionais deste país estava à espera,o resultado do concurso nacional de professores ( todos os anos tem feito manchete mas agora ninguém ligou porque está toda a gente entretida com a chegada de Ronaldo ao Real Madrid).
    São milhares de lares desfeitos...
    Muitas contas por pagar que todos os dias estarão debaixo da almofada...
    As injustiças dos "Teip" (Estremoz não sabemos (porquê?)também é) crescem.
    Docentes que poderiam aqui ficar colocados (por mérito próprio) vão ficar longe.
    Em Setembro surgirão lugares que serão ocupados por docentes com muito menos anos de serviço, quase em ínicio de carreira.
    Pronto, temos pena, mas estamos em crise e estes profissionais são mais baratos...
    Cá está o director, a gestão unipessoal,...
    Acabou o "conselho", os adjuntos vâo obedecer às ordens (eminentemente politicas) que o director,por sua vez, receber...
    Assim vai o ensino neste país cor-de-rosa...

    ResponderExcluir
  50. Aguardemos o concurso na escola e.b.2,3 sebastião da gama....
    para aqueles que , cujas vagas ainda não apareciam e agora ficaram colocados noutro lado...quem preencherá essas vagas? conhecidos da chefona, claro...aguardemos para ver

    ResponderExcluir
  51. Já soube que a tal professora de Veiros de tanto se falou e até saiu reportagem no jornal, a que não foi colocada nos concursos TEIP, já foi convidada pela chefe do Agrupamento para ficar em Veiros. E esta heim? Sempre vale a pena ser falada no jornal e na internet.

    ResponderExcluir
  52. um leitor devidamente identificado21 de julho de 2009 02:20

    Na cobardia do anonimato e dos nicknames todos são uns heróis a criticar e a difamar com desconhecimento de causa!
    Tadinhos...

    ResponderExcluir
  53. Não são apenas injustiçados os membros do pessoal docente no Agrupamento de Estremoz. O pessoal não-docente é vítima dessas mesmas injustiças no que concerne às suas avaliações. Os que trabalham vêem-se ultrapassados pelos que menos fazem. Será que é necessário ser-se da mesma cor política ou do leque de amizades da Chefe de Serviços?

    ResponderExcluir
  54. Já soube que a funcionária que mais ajudava a Chede de Serviços do Agrupamento de Escolas de Estremoz deu de frosques, e agora a Senhora Chefe aguenta a pedalada ou fica de atestado.

    ResponderExcluir
  55. professor (a) descontente da EB2,3 SEbastião da Gama28 de julho de 2009 10:09

    Há 4 semanas atrás fui à secretaria do referido TEIP e vi as suas funcionárias a lerem e a escreverem no "Pelourinho de Estremoz", esperei 10m para ser atendido. Como não gostei do que vi fui ao Conselho executivo mostrar a minha indignação. Lá a porta estava fechada, esperei muito tempo para tb depois me aperceber que a gestão estava no mesmo site e tecendo vários comentários ao que ia lendo.
    Conclusão: percebi porque têm que ser os professores a fazer o trabalho administrativo, pois quem o deveria fazer estão no menssager e nos blogs. Qunto ao orgão de gestão dá para perceber porque se recebem cartas e telefonemas anónimos e com elas se instalam processos disciplanares aos professores... àqueles que dizem as verdades. pois o agrupamento é um oceano de mentiras ou melhor de inverdades como dizem os xuxulistas rosas.

    ResponderExcluir
  56. A funcionária que mais ajudava a chefe ou a funcionária que mais engraxava todos para tirar daí dividendos e quando as coisas não lhe corriam bem ameaçava tudo e todos.

    ResponderExcluir